Bem-vindo! Hoje é domingo, 21 de julho de 2019

A Xilogravura de Zoravia Bettiol: Restauração, Impressão e Visibilidade

INÍCIO
08 Jul 08:30h
TÉRMINO
08 Jul 18:00h

Título curso/evento: “A  Xilogravura de Zoravia Bettiol: Restauração, Impressão e Visibilidade”

Síntese: Em projeto aprovado pelo SEDAC proposto por Zoravia Bettiol  de restauro, impressão exposição, com o receberemos esta exposição itinerante. A mostra, exibirá as 40 xilogravuras impressas, uma parcela das matrizes restauradas e painéis impressos narrando em textos e imagens a memória do desenvolvimento do projeto: A  Xilogravura de Zoravia Bettiol: Restauração, Impressão e Visibilidade

Local:  Espaço Cultural do Museu Dom Diogo de Souza

Horário de abertura: Dia 3/07/2019 às 18h (cerimonial da Urcamp)

Horário de visitação: segundas a sextas das 8:30 às 11:30 e das 14 às 18h

Breve Currículo de ZORAVIA BETTIOL  

Zoravia Bettiol, artista plástica, designer e arte-educadora, trabalha com artes gráficas, arte têxtil, pintura, design de joias e de superfície e instalações. Nasceu em Porto Alegre, RS, em 1935. Participou de 140 exposições individuais e mais de 400 coletivas, em Bienais, Trienais e exposições importantes internacionais entre 1959 e 2017 na América do Sul, Europa, EUA e Japão. A mais significativa foi a retrospectiva Zoravia Bettiol – O Lírico e o Onírico no Museu de Arte do Rio Grande do Sul, em 2016. Participa de associações culturais e ecológicas. Suas obras estão em acervos dos principais museus e centros culturais do mundo como o Metropolitan Museum e o Brooklyn Museum, ambos de Nova Iorque; o Kunstindustriemuseet, de Oslo, Gabinet des Estampes Bibliothéque Nationale de Paris, o Museum of Modern Art, de Kyoto, sendo que dos brasileiros o MARGS, o MAM-SP, MASP, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu de Arte Brasileira da FAAP, MAM-RIO, Museu Nacional do Rio de Janeiro, Acervo da Presidência da República, em Brasília. Recebeu os prêmios Prêmio Lideres e Vencedores 2012. Categoria Expressão Cultural. Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul e Federasul, Porto Alegre, em 2012, 2º Prêmio Joaquin Felizardo, em Artes Plásticas, em 2008, Comenda Pedro Weingärtner, por serviços prestados à comunidade. Concedido pela Câmara de Vereadores de Porto Alegre, em 2002. É presidente da Associação Amigos do Museu das Águas de Porto Alegre (AMUSA) e foi homenageada em 2015 com a criação do Instituto Zoravia Bettiol que preservará sua arte além de difundir cultura e artes visuais. A gravura de Zoravia Bettiol é uma das mais fortes expressões de sua obra e nasceu em um inspirado momento da história da xilogravura brasileira que produziu grandes mestres gravadores no Brasil e no Rio Grande do Sul - onde foram criados o Clube de Gravura de Porto Alegre e o Grupo de Bagé, nos anos 1950.

Objetivo: Difundir Arte e Cultura através da exposição de 40 Xilogravuras de Zoravia Bettiol e o processo de restauração deste conjunto de obras.

Público alvo:   Estudantes de todos os níveis de Ensino e Comunidade em geral.

Período: 03/07/2019 à 30/07/2019 - Abertura 03/07/2019 - 18h -21 h - Encerramento 30/07/2019

Horário de realização:  Manhã - das 8:30 às 11:30h e Tarde – das 14 às 18h

Responsável pela atividade: Carmen Barros/Maria Luiza Pêgas

Informações:

Telefone: 3242 8244 Ramal: 231 e 245

proen@urcamp.edu.br