Bem vindo! Hoje é terça-feira, 25 de setembro de 2018

Curso de PCDs da Urcamp será concluído em outubro

O curso de Qualificação Profissional para Pessoas com Deficiência, que iniciou em julho, irá certificar 14 alunosO curso oferecido pela Urcamp é totalmente gratuito.

O último censo realizado no país aponta que quase 60% dos brasileiros coalgum tipo de deficiênciestão fora do mercado de trabalho. E foi pensando em expandir o campo deoportunidades de Pessoas com Deficiência (PcDs), que a Urcamp iniciou em 2016 um curso de qualificação destinado a este público. E a iniciativa deu tão certo que a Instituição já está na segunda edição. O curso prevê 120 horas aulas, com um roteiro de disciplinas e atividades que inclui noções administrativas, recursos humanos, matemática financeira, informática, Direito, além do foco em relacionamento entre colegas e pessoas.

Rafaela Martin Lopes é uma das alunas que não esconde o entusiasmo com o curso e conta que não vê a hora de começar a trabalhar. “Espero arrumar um emprego assim que concluir o curso, quero ter meu próprio dinheiro”, relata.

E qualificar PcDs e treiná-los é o grande objetivo do curso, já que muitos esbarram na falta de conhecimento, o que dificulta uma vaga no concorrido mercado de trabalho.

O mecânico industrial Carlos Adalberto Santos Lima sofreu um acidente de trabalho e perdeu parte da movimentação na região do quadril. A limitação nos movimentos exige uma série de cuidados que também esbarram na hora de conseguir um emprego, porém outras atividades, que não exigem esforço físico, podem ser uma alternativa. “Estou procurando a reabilitação profissional para poder voltar a trabalhar e o curso está sendo excelente para que eu consiga uma nova oportunidade”, revela.

E quem vai com a missão de levar conhecimento também aprende. A Jornalista Jéssica Pacheco, que atua junto a equipe de comunicação e marketing da Urcamp foi convidada a ministrar a disciplina de “Comunicação e relação interpessoal no trabalho”. Graduada pela Urcamp, ela faz especialização em Docência no Ensino Superior e agora pode praticar de forma integrada com outros professores, os ensinamentos que aprende na Pós-graduação. A primeira aula da jovem professora teve total empatia com os novos alunos. “Estou há quatro anos formada e essa é minha primeira experiência como professora. Um dos módulos da minha pós se chama Educação Inclusiva, então pra mim é um aprendizado, porque é oportunidade de compartilhar um pouco do que sei e aprender com eles na prática, o que é ser professor. É uma troca”, conclui.

O Curso de qualificação de PcDs da Urcamp deve certificar 14 alunos esse ano.