Bem vindo! Hoje é sexta-feira, 22 de março de 2019

Formandos de Enfermagem são aprovados em residência

O curso incentiva a especialização do aluno mesmo antes da conclusão da graduação.

Desde os primeiros semestres os alunos da área da saúde são estimulados a escolher que área possuem mais afinidade e a pergunta é inevitável: “qual é a especialidade que você vai escolher?” E esse é talvez um dos principais obstáculos que o acadêmico enfrenta durante a graduação. Definir a área certa, dentro do conceito de que um profissional realizado e feliz tem muito mais chances de obter sucesso.

Dentro deste contexto, o conhecimento contínuo é fundamental pra enfrentar a concorrência no competitivo mercado de trabalho. E hoje, esta preocupação por parte do estudante, acontece cada vez mais cedo, mesmo antes da conclusão da graduação. No curso de Enfermagem, dois formandos comemoram o resultado exitoso da concorrida prova de residência e foram aprovados em primeiro lugar. O detalhe é que Jeferson Moreira Silveira e Renata Umpierres Corrêa já cursam a pós-graduação de “Cuidados Paliativos”, oferecida pela Urcamp e paralelo a isso, agora vão complementar os estudos e turbinar seus currículos com uma residência.

Jeferson é só otimismo, pois irá cursar Residência Multiprofissional em Atenção à Saúde Oncológica, dentro Hospital Escola, pela Universidade Federal de Pelotas - UFPel. A prova de seleção foi realizada no dia 19 de novembro e as aulas já iniciam em março de 2019. “Primeiramente teve muito estudo, mas também a acima de tudo a contribuição da Instituição, dos professores, de toda a estrutura que nos é ofertada ao longo da graduação. O curso me direcionou pra essa área, quero trabalhar com doentes de câncer”, explica.

Já Renata descobriu que tem perfil pra atuar com idosos e com essa aprovação irá cursar Residência Multiprofissional Integrada em Saúde do Idoso, no Hospital Universitário São Francisco de Paula, pela Universidade Católica de Pelotas – UCPel. “Desde o início eu direcionei pra essa área, comecei fazendo estágio no Centro do Idoso, depois continuei um projeto de extensão do curso junto com a coordenação e meu TCC também foi nessa linha. Eu tive êxito durante a graduação porque a gente aprendeu esses conteúdos em sala de aula e eu me senti preparada para enfrentar essa prova, foi a graduação quem me preparou e o apoio e incentivo dos professores, desde que souberam que tínhamos o anseio de fazer a residência”, revela com orgulho. O mesmo sentimento foi compartilhado pela coordenadora do curso de Enfermagem Carmem Vaz. “Temos o sentimento de dever cumprido enquanto quadro docente universitário e é uma resposta ao corpo docente inteiro, que é capacitado, interessado, hoje todos os nossos professores são mestres e doutores e isso faz a diferença, porque reflete a permanente atualização curricular que temos em busca da qualidade constante”, destaca.

O curso de Enfermagem tem cinco anos de duração e acontece nos turnos da manhã e tarde, com estágios práticos monitorados no Hospital Universitário, dentro do Núcleo de Práticas em saúde da Urcamp.

Mercado e áreas de atuação

A Enfermagem, ao contrário do que muitos acreditam, não se limita apenas em trabalhar no meio clínico, ou seja, dentro de um hospital. O profissional pode exercer diversas atividades em diferentes áreas, como: Assistencial na rede hospitalar, centros e consultórios, Enfermagem geral e geriátrica, Enfermagem médico-cirúrgica, Enfermagem obstétrica, pediátrica, Enfermagem de resgate e de trabalho, além de possibilitar a atuação no Ensino e na Pesquisa, bem como a área gerencial em saúde.