Bem-vindo! Hoje é sábado, 19 de outubro de 2019

Professores do Curso de Farmácia recebem convites para palestrar em eventos internacionais

Ao todo, os docentes foram convidados para proferir palestras em 5 eventos de enorme importância no meio científico mundial. O professor Rafael Reis foi chamado a falar no “Bacteriology-2019”, ocorrido de 08 a 10 de julho de 2019 em Paris, França e no “International Conference on Clinical and Pharmaceutical Microbiology”, em Roma, Itália, entre 23 e 25 de outubro de 2019, evento para o qual o docente guarda grande expectativa.

Já o professor Guilherme Cassão Marques Bragança, Coordenador do Curso de Farmácia da URCAMP recebeu convite para palestrar em 3 eventos, a saber: “3rd Global Congress on Plant Biology and Biotechnology (GPB 2019)” ocorrido de 11 a 13 de março de 2019 em Singapura; no 4th Edition of Global Conference on Plant Science and Molecular Biology” que acontecerá em Londres de 19 a 21 de setembro de 2019 e a “5th Edition of Global Congress on Plant Biology and Biotechnology” que ocorrerá em Valência, Espanha de 23 a 25 de março de 2020, onde o docente abordará os resultados encontrados com as pesquisas desenvolvidas na URCAMP com a temática voltada, sobretudo, a antioxidantes extraídos de vegetais do Bioma Pampa.

Estes congressos “são locais de encontro para especialistas do mundo inteiro que trarão novas contribuições científicas de forma interdisciplinar”. Esta troca de saberes envolvendo diferentes culturas traz um agregado de conhecimento que abre horizontes e expõe a necessidade de constante atualização, com foco na preservação e sustentabilidade, assuntos globalmente tratados.

Sua importância é representada principalmente para aqueles que, como nós, buscam melhorias na qualidade de vida humana e animal com utilização responsável, ética e, sobretudo, sustentável dos recursos que a natureza oferece; e em nosso caso falamos especialmente no Bioma Pampa.

 “Estes são convites muito especiais para nós enquanto profissionais e para a URCAMP, visto que é reflexo do reconhecimento do trabalho de pesquisa desenvolvido na instituição, trazendo-nos a certeza de que nossos esforços estão sendo cada vez mais reconhecidos na comunidade científica”, relata Bragança.

“Não recebemos este convite sozinhos, pois pensamos que não se faz nada na solidão. Este convite tem um pouco de todos que ajudam a construir os nossos projetos. Ele tem o apoio da gestão, o trabalho dos colegas professores, o carinho dos demais colaboradores, e, sobretudo, a dedicação e o empenho permanente dos alunos”, relatam os docentes.