Bem-vindo! Hoje é terça-feira, 22 de outubro de 2019

Projeto Vida e Saúde da Educação Física da Urcamp oferece mais qualidade de vida a idosos

Pelo menos três vezes por semana, cerca de 70 idosos, da Associação dos Aposentados de São Gabriel, recebem aulas gratuitas, através de atividades físicas e de recreação. O projeto é uma iniciativa do curso de Educação Física da Urcamp Campus São Gabriel.

Atividades com bola, que estimulam a mobilidade, alongamentos e movimentos que orientam mais coordenação e equilíbrio. Parece simples, mas para quem já passou dos 60 anos, isso faz toda a diferença, por que as atividades vão além do exercício físico, também contribuem para o intelecto, a mente. O resultado é uma maior qualidade de vida aos idosos.

O Projeto Viva e Saúde, encampado pelo curso de Educação Física de São Gabriel, já está em vigor há 11 anos nas dependências da Urcamp. As atividades são divididas em dois turnos e acompanhadas de perto pelo Coordenador do curso de Educação Física Rodrigo Guterres e uma acadêmica bolsista. O professor, explica que os exercícios mesclam alongamento com o fortalecimento muscular, relaxamento, dança, até chegar nas atividades recreativas. “Embora seja físico, esse projeto tem ajudado muito no aspecto psicológico, porque tira o idoso de casa e faz com que ele crie relações pessoas aqui dentro e fortaleça essas relações. Então aqui eles se sentem vivos, com perspectiva de vida”, explica.

O aposentado Idalino Ximendez, 66 anos, é um entusiasta do projeto e resume a proposta em uma frase. “O projeto visa nos proporcionar saúde e inteiração pessoal”.

A acadêmica Diane Diose Damasceno, aluna do 3º módulo da Graduação i na Educação Física, cita os principais ganhos, em termos de saúde. “Através de ginásticas funcionais, conseguimos levar a eles benefícios como bem estar físico e psicológico, pois devolve a eles a autonomia, o aumento de massa muscular, estimula a redução de peso, a capacidade funcional e o aspecto cognitivo”, justifica. A bolsista diz que a experiência com os idosos está contribuindo para a sua formação. “Acrescenta capacitação e estímulo para seguir em frente como profissional e isso acrescenta ainda mais conhecimento à minha vida acadêmica”, resume.

O programa funciona nas segundas, quartas e sextas-feiras e é mantido pela Urcamp.