Bem-vindo! Hoje é terça-feira, 22 de outubro de 2019

Professores e alunos da Urcamp aprovam trabalhos em Malaga, na Espanha

Os trabalhos dos professores e alunos dos Cursos de História e Jornalismo da Urcamp, foram aprovados no XX Encontro Iberoamericano de Valorização e Gestão de Cemitérios Patrimoniais, que ocorrerá em Málaga/Espanha, de 11 à 16 de novembro de 2019. Ao todo foram aprovados 173 resumos, de 20 países, 13 do Brasil, onde quase a metade, seis, são da Urcamp.
A lista credencia os seguintes professores e acadêmicos:

- Clarisse Ismério (História - Urcamp) - Guardiãs, Musas e Guerreias: as representações femininas que contribuíram para a criação das personagens do Sarau Noturno;

- William Godinho de Moura Rodrigues(História - Urcamp) - A segregação post mortem: o caso de um judeu segregado no Cemitério da Santa Casa de Bagé-RS

- Felipe Lucas Fagundes (Acadêmico de História - Urcamp) - Combatentes, heróis, mártires, enterrados no Cemitério da Santa Casa de Caridade de Bagé;

- Ketherine Acosta (Acadêmica de Jornalismo - Urcamp) - Eternas guardiãs da morte: Uma análise das estátuas das carpideiras do cemitério da Santa Casa de Caridade de Bagé;
- Matheus Martinez Feijó (Acadêmico de História - Urcamp) - Os cemitérios sob a perspectiva dos videoclips;

- Vitória Pereira Martins Severo (Acadêmica de Jornalismo - Urcamp) - Os cemitérios e a falta de visibilidade midiática.

A professora Clarisse Ismério, responsável pelo projeto Sarau Noturno, comemorou a relação. “Isso é fruto de um trabalho de onze anos, desenvolvido através do Projeto Sarau Noturno, que proporciona pesquisas voltadas para a arte cemiterial”, resume.